Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Imprensa Noticias 2017 Fevereiro Itec revisa seu mapa estratégico para o período 2017/2018
22/02/2017 - 15h00m

Itec revisa seu mapa estratégico para o período 2017/2018

Ação também atende à solicitação da Secretaria de Tecnologia e ao Guia de Serviços do Governo

Itec revisa seu mapa estratégico para o período 2017/2018

Texto de Isaac Moraes


Imagens Ascom Itec

 

O Instituto de Tecnologia em Informática e Informação (Itec) iniciou a revisão anual do seu planejamento estratégico. A primeira etapa consiste na atualização do mapa estratégico e cumpre também o intuito de consolidar todos os serviços do órgão para o Guia de Serviços do Estado, implantado pela Secretaria do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) e inserir todos os serviços em tecnologia do Estado no planejamento da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), que será apresentado pela Secretaria para a governança junto com os dos demais órgãos do Sistema Secti.

 

Para a revisão anual, faz-se também necessário a realização, por intermédio do Núcleo de Gestão da Qualidade, de mais uma revisão inclusive da identidade organizacional do órgão, o que inclui missão, visão e valores do Instituto. Trabalho que está estruturado em objetivos estratégicos, escolhidos pelos gestores do Itec, e distribuídos em seis perspectivas: pessoas, clientes, sociedade, infraestrutura, processos e finanças.

 

Os gestores do Itec estão revisando as ações de cada setor pelo qual são responsáveis e apresentando as inovações ao Núcleo de Gestão da Qualidade (NGQ) em reuniões. De acordo com a gestora do NGQ e assessora de transparência do Itec, Leide Fernandes, um planejamento estratégico eficaz é o alicerce primordial para o sucesso de qualquer instituição.

 

“Nós temos um planejamento feito em 2014/2015 para até 2018 e estamos revisando-o para o período 2017/2018, quando faremos um novo. O planejamento estratégico dá um norte a Instituição, que sabe a sua missão, o que faz, como se posicionar no mercado de trabalho, seja ele público ou privado, sua visão, aonde quer chegar e os seus valores, além de como tratar seus clientes internos e externos. Porém, o gestor maior da Instituição precisa estar envolvido. No momento que o líder maior internaliza essa vontade de cumprir um determinado caminho, então ele leva todas as outras pessoas ao sucesso”, explicou Leide Fernandes.

 

 

Ações do documento